1 de abr de 2012

Delicadeza




A gente acorda
e já éramos tolos
de pés descalços
vontade e sonhos

que a gente recorda
desde pequeninos
sorrisos sinceros
olhares profundos

Mas acontece, amor
caminhos da vida
a gente se ama se come
e de longe a fome
nos sorri primal e crua
fome de lábios e pele nua
meu mel é a saliva tua

E a gente cresce amor
assim é a lida
do fogo e do frio e faca
o sangue, a lasca
do suor que escorre
e a fome que não morre
não cede, nem dorme
mas que se torne, da dor
Delicadeza amor
Delicadeza

E a gente se olha
e o encontro sublime
que paira, vibrante
envolve, em leveza

E a gente se toca
é a mesma música
pro alto ecoando
Delicadeza, amor
Delicadeza





em parceria com Jaciara Silva




.

Nenhum comentário:

Postar um comentário